Mulher na confeitaria | Lugar da mulher é onde ela quiser.

“Você trabalha ou só faz bolos?” O que você responderia?

Ainda hoje, tem gente que me fala isso. Especial Dia das mulheres!

O lugar da mulher é onde ela quiser!

Especial Dia das Mulheres!

“Você trabalha ou só faz bolos/doces”? 

Já ouviu isso de alguém? O que respondeu?

O Dia Internacional das Mulheres é uma data importante para mim. Um momento que me faz pensar sobre minha trajetória até aqui e reforçar meus propósitos. 

Você já parou para observar quantas mulheres trabalham com confeitaria? Vendendo bolos, doces, sobremesas e salgados. E quantas delas são realmente valorizadas? 

Queria que as histórias não se repetissem, que as mulheres sentissem o poder que têm nas mãos. Não foi uma nem duas alunas que contam como a confeitaria foi definitiva para mudar de vida.

Mulheres que não sabiam como é bom ter o próprio dinheiro e como é ser dona de si porque sempre se colocavam ou eram deixadas em segundo plano.

Mulheres que nunca tiveram as coisas fáceis na vida, que batalham muito todo dia e ainda recebem em troca cobranças, preconceito, ofensas, ingratidão. Por ser mulher. 

Desde pequenas, somos colocadas num lugar muito apertado que esmaga nossos sonhos. Nos ensinam que fazer o serviço doméstico e cuidar dos filhos são nossas únicas obrigações. E ainda hoje, qualquer uma que desafia essa ordem é criticada, desvalorizada. 

Muitos ainda pensam que “lugar da mulher é na cozinha, pilotando fogão”.

Lugar da mulher é onde ela quiser. 

Essa frase deveria estar na boca de todos. Essa é a realidade que todos deveriam entender. Se ela quiser trabalhar fora, não tem problema. Se ela quiser ficar em casa, tudo bem também! E se ela quiser ficar na cozinha, ela fica e ainda faz muito dinheiro. 

Sozinha. Sem depender de nada nem ninguém.

Com as próprias mãos, ela transforma os ingredientes em deliciosas receitas que fazem parte das nossas memórias mais importantes. Doces e bolos que bancam o que ela quiser. 

Muitas das minhas alunas fazem mais dinheiro com seus bolos que as pessoas que as criticam, pessoas amarguradas que não podem ver sucesso dos outros e se acham superiores, pensando que o diploma na parede vale mais do que carregamos aqui dentro.

Meu conselho nesse mês de março e em todos os outros: não abaixe a cabeça para nada!

Lembre-se da sua história, do que passou até chegar aqui e o tanto que ainda vai conquistar nessa vida. Valorize o que é verdadeiramente seu: sua essência, suas habilidades, sua inteligência e sua criatividade. O resto é resto. 

E se alguém vier perguntar, apenas diga: sou CHEF e a MINHA CONFEITARIA vai muito bem, obrigada!

Dia das Mulheres | Lugar de mulher é onde ela quiser!

Encontre mais técnicas e dicas sobre negócios de confeitaria aqui no blog!

APROVEITE

Novas Aulas e novo material

Aproveite as condições especiais para pagamento e comece a treinar ainda hoje.

Saiba Mais