Insegurança com Chocolate

Não precisa ter medo ou insegurança. Conheça como é o comportamento do chocolate, como funciona bem nas receitas e trabalhe à vontade!

Insegurança com Chocolate

Quando digo que todo mundo pode ser confeiteira ou confeiteiro, quero dizer exatamente isso! Pois, qualquer um consegue aprender.

Tem cozinha na sua casa? Tem mercado na sua cidade? Já que está nesse blog é porque tem acesso à internet também. 

Então, está pronta para assistir às aulas e vender seus doces. 

Sem insegurança: coragem de errar

Além da parte estrutural, você tem vontade ou mesmo necessidade de conseguir dinheiro pela confeitaria?

Melhor ainda! Nada lhe falta, apenas coragem de errar! Isso mesmo, a coragem de começar e ter frustrações porque nem sempre a vida é doce.

Até aprendermos iremos cometer erros, completamente normal, faz parte! Sendo assim não precisa ter mãos de fada. Não só da confeitaria, a maior ilusão é acreditar em dom e não ver o potencial que tem.

Nesse sentido, sempre quando falo de chocolate nobre causa um burburinho nas alunas, pois há outra ilusão: que só algumas pessoas conseguem trabalhar com chocolate por ser difícil de lidar.

Vamos desmistificar isso!

Porque aprender a lidar com o chocolate nobre

Com certeza a manipulação do chocolate faz parte do dia a dia de quem trabalha com doces. Embora tenha no mercado chocolates mais práticos como os tipo cobertura, fracionados, ainda deixam a desejar em alguns aspectos.

Afinal, nada substitui o chocolate nobre em sabor, aroma e texturas.

Contudo muitos fogem dos chocolates nobres por medo de errar. Além dessa insegurança inicial, tudo fica ainda pior quando procuramos aprender e descobrimos que existem milhares de detalhes. 

Até profissão específica existe: o Chocolatier, mestre no assunto. Por isso não é difícil achar que o chocolate é um negócio complicado. De fato, precisamos ter cuidado. Mas fica bem mais simples quando entendemos como ele se comporta. 

Basicamente, o chocolate nobre é composto de sólidos de cacau e manteiga de cacau. Enquanto os outros tipos de chocolate, surgiram como alternativas mais práticas, baratas e estáveis.

Mas sabe aqueles marcas chiques de chocolates suíços, belgas e afins? Quem não quer provar uma dessas delícias?

Enfim, suas receitas sobem de nível em todos os aspectos quando usa ingredientes de qualidade. Nem precisa ser das marcas mais caras!

Usos para o chocolate

Na confeitaria usamos de todo jeito, começando pelo derretimento do chocolate.

Até porque quando queremos fazer um recheio é mais fácil. Já que a prioridade é o sabor nesse recheio que também pode ter outros ingredientes, como creme de leite, castanhas e frutas. 

Mas é diferente de quando o objetivo é ter uma cobertura ou uma casca de chocolate. Nesses casos, o chocolate precisa endurecer da forma correta para manter-se estruturado e uniforme.

Temida Temperagem

Aí que entre a tal da temperagem ou pré-cristalização.

A temperagem é a questão que mais assusta, iniciantes e profissionais. Entretanto é bem mais simples do que parece com apenas três etapas para ficar perfeita

Depois que aprendeu o que deve ser feito, a confiança aumenta, certo? Mas problemas começam a surgir quando colocamos as mãos na massa.

Assim que começar a fazer seus doces, perceberá que algumas coisas que vemos por aí não dão certo na nossa realidade. Morar em uma cidade que faz muito calor, por exemplo, é uma reclamação constante. 

Por isso a temperagem é tão importante. Já que quando temperamos bem, evitamos os principais erros que acontecem quando trabalhamos com chocolate, como: chocolate que não endurece ou que amolece depois de pronto, entre muitos outros.

Entretanto, nem tudo é culpa da temperagem mal feita. Em todo o preparo, devemos manter o chocolate longe da umidade e do calor.

Armazenar o chocolate

O modo de armazenar é fundamental.

Tanto o chocolate que acabamos de comprar, quanto os doces que produzimos devem ser guardados com cuidado. Aí na sua casa ou ateliê, precisa reservar um lugar próprio para armazenar o chocolate.  

Se pensou na geladeira, pensou errado! A cozinha? Talvez não seja uma boa ideia também. Esse espaço precisa proteger o chocolate da umidade do ambiente e afastar o calor.

Prazo de validade

E quanto a validade? Por quanto tempo podemos guardar nossos chocolates?

A parte mais delicada do chocolate é na moldagem, pois ao ficar estável pela temperagem, o chocolate dura muito tempo. Isso quando não colocamos nada a mais. Com recheios e confeitos a história é outra com datas de validade específicas, seguindo o ingrediente mais perecível.

NUNCA DÁ CERTO | Insegurança com chocolate

Fique tranquila, aqui no blog tem um guia completíssimo sobre chocolate nobre. Também siga os nossos canais e veja mais aulas grátis no Youtube.

APROVEITE

Novas Aulas e novo material

Aproveite as condições especiais para pagamento e comece a treinar ainda hoje.

Saiba Mais