Vale a pena ter iFood como sócio? | Podcast Negócio de Confeitaria – #13

ifood eloisa cola

Vale a pena ter iFood como sócio?

O que você vai ler:

  1. Como o iFood funciona?
  2. Como cadastrar o seu negócio?
  3. Quanto custa estar no iFood?
  4. Quem paga os cupons do iFood?
  5. Planos disponíveis no iFood
  6. Como funciona o repasse do iFood?
  7. Vantagens e desvantagens do iFood
  8. Confeitaria no iFood, vale a pena?

Como o iFood funciona?

O iFood é o maior aplicativo para delivery de alimentos do Brasil. É simples pedir refeições, lanches, bebidas, sobremesas e até fazer suas compras do mês. O aplicativo une praticidade e agilidade nos pedidos.

Fazer o cadastro no iFood como parceiro também é fácil. Atualmente, atende mais de 12 milhões de clientes, por dispositos Android, IOS e Windows Phone. 

O iFood promete facilitar a vida dos parceiros com sistema gerenciador de pedidos, descontos em produtos ou serviços, divulgação do próprio aplicativo que aumenta a visibilidade e as vendas. 

Os restaurantes mais conhecidos estão no iFood, assim como, as pequenas empresas com produção caseira. Entretanto, nem sempre é vantajoso para esses negócios menores.

Estar no aplicativo traz uma certa percepção de marca, dá sensação de negócio sério e confiável. O sistema de entrega também pode ajudar o pequeno produtor. Entretanto, há algumas ressalvas sobre o app que precisamos mostrar. 

Como cadastrar o seu negócio?

Se estiver com todos os documentos, em minutos você pode estar no iFood. O primeiro passo é preencher o formulário com dados do titular, depois escolher um plano e definir uma conta bancária para receber o dinheiro dos pedidos pagos pelo aplicativo. Após a aprovação do cadastro, só faltará tornar essa relação oficial, assinando o contrato.

Os documentos necessários são:

  • CNAE (Classificação Nacional de Atividades Econômicas) no ramo alimentício;
  • CNPJ ( a CNAE será fundamental);
  • Conta bancária vinculada ao CNPJ (ou ao responsável legal, em caso de MEI). 

Além dessa parte burocrática, é necessário pensar em como irá receber os pedidos e como irá fazer as entregas. O iFood disponibiliza o sistema que gerencia em tempo real todos os pedidos, precisa apenas de um computador ou celular com acesso à internet. 

Já sobre as entregas, depende do plano escolhido. Você pode optar por contratar apenas os da plataforma digital do iFood ou pode contratar também o serviço de entrega feito pelos entregadores cadastrados na empresa. Os planos disponíveis por região podem variar.

Quanto custa estar no iFood?

O cadastro no iFood é gratuito, mas terá que pagar taxas de serviço em cima do valor de cada pedido que varia de 12% até 23%. Fora o desconto fixo de 3,5% que o cliente recebe quando faz o pagamento pelo próprio aplicativo. Valor pago pelo dono do restaurante, padaria, confeitaria etc. 

Quem consegue faturar mais de R$1800,00 no mês com a plataforma passa a pagar uma mensalidade de R$100 ou R$130, dependendo do plano contratado.

Quem paga os cupons do iFood?

Existem várias modalidades de cupons no iFood, mas podemos separar em três categorias. 

Na primeira, o iFood cria os cupons e distribui sem custo para o parceiro porque fazem parte da estratégia de marketing do app, aumentando a visibilidade. 

Na outra categoria temos os cupons criados pelos parceiros no portal de serviço e promoção do iFood. O comerciante ativa os cupons, define as regras, quantidade e período de distribuição. Já a plataforma dispara esses cupons, com prioridade as pessoas que nunca compraram.

A plataforma também pode oferecer aos parceiros alguns cupons especiais com preços determinados pelo iFood. Em teoria, o valor adquirido será repassado a empresa, mas se pesquisar na internet, encontrará muitas reclamações dos clientes nessa modalidade.

Planos disponíveis no iFood?

Além da taxa maior em cada pedido, outra grande diferença entre os planos é o serviço de entrega. Sendo assim, há apenas dois planos:

Plano Básico

Sem entregador, apenas o marketplace e taxa de entrega a cargo do restaurante.

Comissão de 12% sobre o valor de cada pedido;

Pedidos pagos via iFood tem desconto de 3,5%;

Mensalidade de R$100 para faturamento acima de R$1800 por mês.

Plano Entrega

Com entregador, marketplace, rastreio de entrega, gerenciamento preparo e seguro.

Comissão de 23% sobre o valor de cada pedido;

Pedidos pagos via iFood tem desconto de 3,5%;

Mensalidade de R$130 para faturamento acima de R$1800 por mês.

Como funciona o repasse do iFood?

Quando o cliente paga o pedido pelo aplicativo, o iFood fica responsável por repassar o valor para a conta bancária dos comerciantes. Recentemente, o aplicativo permitiu que os parceiros acompanhem o faturamento semanalmente. Porém, o repasse do valor continua sendo feito a cada 4 semanas.

Vantagens e desvantagens do iFood

Vantagens

O iFood é o aplicativo de entrega mais usado, ou seja, sua confeitaria ficará disponível onde as pessoas já estão acostumadas a procurar por comida. 

Isso ajuda a encontrar mais clientes, pois a primeira vantagem de usar o app é a divulgação que o iFood faz, mas não dispensa as ações de marketing que você deve ter nos seus canais de comunicações.

Assim como, deve-se ter cuidado redobrado com o produto e o atendimento, já que as avaliações do seu negócio no aplicativo fazem toda a diferença no momento de escolha. A plataforma toda é a maior vantagem, pois auxilia bastante a gestão do delivery.

Desvantagens

Contudo, muitos criticam o suporte do iFood e o atendimento que a empresa oferece. Não é difícil encontrar essas reclamações por aí. 

A divulgação que o aplicativo faz é interessante, mas precisamos pensar igual a nossa empresa haverá outras cem. A concorrência é acirrada, muitas vezes, perdemos o cliente por detalhes como logotipo de má qualidade e descrição confusa. Quem entrega tudo certinho com capricho não encontra problemas para fidelizar os clientes, mas quem faz um serviço mais ou menos terá dificuldade.

Sobre os descontos no iFood não há meio-termo,  ou ajudam muito, ou trazem mais dor de cabeça. Antes de usar qualquer o cupom, o empresário deve avaliar bem as contas e projetar o retorno financeiro.

As taxas de entrega são outra desvantagem. Afinal, quase 30% em cima de cada pedido é o que um sócio pediria. Vale a pena ter como sócio o iFood? Descubra aqui no podcast especial sobre o assunto.

Vale a pena ter iFood como sócio? | Podcast Negócio de Confeitaria – #13

Quer aprender mais sobre negócio de confeitaria? Então veja os cursos maravilhosos da Escola de Confeitaria!

APROVEITE

Novas Aulas e novo material

Aproveite as condições especiais para pagamento e comece a treinar ainda hoje.

Saiba Mais